“Gente Nossa” apresenta: Manoel Monteiro

Campina Grande, 27 de junho de 2012

gente_nossa_top

“O cordel é vivo!”. Esta é a definição de Literatura de Cordel na concepção de Manoel Monteiro: ícone deste gênero literário no Brasil. Nasceu em Bezerros, Pernambuco, no dia 04 de fevereiro de 1937. Chegou em Campina Grande em 1953 e se tornou paraibano por opção. Veio para a Rainha da Borborema trazido por dois motivos: o primeiro foi que Campina Grande tinha feira todo dia e, geralmente, as feiras do Nordeste são aos sábados, domingos e segundas-feiras, e o segundo motivo foi Campina Grande tinha uma gráfica especializada na publicação de cordéis, cuja gráfica era de Manoel Camilo, poeta do clássico São Saruê e exatamente nesta gráfica foi que ele publicou seu primeiro cordel em 1953.

 

Matéria especial:
Manoel Monteiro: o cordelista Gente Nossa

 

Programa Gravado:

 

Vídeo:

 

Transmissão ao vivo:

 

Galeria de Imagens:

 

EXPEDIENTE | MAIS PROGRAMAS

 

facebook_big twitter_big
Comentários