Gente Nossa e Sextas Musicais apresentam Luizinho Calixto e convidados

Campina Grande, 4 de junho de 2018

ost-1024x283

Em parceria firmada com o projeto Sextas Musicais produzido pela PROCULT, o Programa Gente Nossa deu a largada na temporada 2018 recebendo Luizinho Calixto, ele que já foi homenageado por nossa equipe no ano de 2016, para acessar o programa só clicar:  < http://reporterjunino.com.br/2016/06/14/gente-nossa-apresenta-luizinho-calixto-e-a-heranca-dos-oito-baixos/> . No entanto, esse ano ele trouxe convidados, os músicos Jorge Simas e Nestor do Cavaco.

O carioca Jorge Simas nasceu em 14 de agosto de 1953, desde criança foi cativado pela música, devido a seu pai que era músico amador.  Aos cinco anos de idade já dava seus primeiros toques no acordeon, porém com a morte de seu pai, aos 9 anos aposentou o instrumento e se afastou da música. Sua paixão só ressurgiu na adolescência quando começou a tocar cavaquinho e bandolim, compondo sua primeira música intitulada “Luz Vazia”, com o passar dos anos começou a tocar violão e ganhar vários prêmios em festivais musicais. Quando cursava engenharia e não pensava em ser músico começou a ter ligação com o choro através do Bar Suvaco de Cobra, daí começou a participar de serestas e rodas de samba, fazendo pequenos shows. Após se formar em engenharia em 1980 pela UERJ, entrou para a Escola Nacional de Música onde aprendeu arranjo e composição. Ao longo de sua carreira já compôs vários estilos musicais, e gravou mais de 5 mil faixas com grandes intérpretes da música popular brasileira Beth Carvalho, Gilberto Gil, Chico Buarque, Toquinho, Djavan, Clara Nunes, dentre outros.

Nestor do Cavaco começou a tocar cavaquinho com 18 anos, quando criança teve acesso às músicas internacionais através do rádio, e começou a se apaixonar por esse tipo de canção quando ouvia Frank Sinatra e outros nomes consagrados da música internacional. Compunha algumas melodias influenciado por grandes músicos como Pitanga, foi com a convivência e amizade com esses grandes músicos que Nestor foi se apaixonando mais por esse estilo musical e quando foi para o Rio de Janeiro começou a entrar nas rodas de choro. Passou a fazer alguns shows e quando percebeu, já tinha conseguido fazer em média, cerca de 13 músicas instrumentais.

A mistura de instrumentos de Luizinho Calixto, Jorge Simas e Nestor do Cavaco animou a todos que estavam acompanhando o programa, teve samba de gafieira, forró e até tango. A sanfona, o violão e o cavaco foram as principais atrações, trazendo a mistura e a inovação de estilos, fazendo todos ali presente relembrar e reviver as belas e consagradas canções.

Click no player para ouvir o Gente Nossa com Luizinho Calixto e convidados.

Click no player para ver a transmissão ao vivo do Gente Nossa e Sextas Musicais com Luizinho Calixto e convidados.

Comentários