“Gente Nossa” apresenta: Roniere Leite

Campina Grande, 8 de julho de 2018

Músico, compositor, desenhista e poeta, Roniere também é Gente Nossa!

 

Foto: Mateus Araújo

Foto: Mateus Araújo

Há sete anos o Programa Gente Nossa vem registrando a memória dos grandes paraibanos que se destacam nas mais diversas áreas do cenário artístico-cultural. E tivemos a honra de homenagear o multiartista Roniere Leite Soares, que é músico, compositor, desenhista e poeta, e nasceu em Campina Grande na primeira metade da década de 1970.

Roniere Leite Soares teve seu primeiro acesso ao cordel ainda na infância, ao vê-los na feira dominical do Distrito de Boa Vista, comercializados no mercado público. Ao estudar Educação Artística na Escola Cenecista de Boa Vista, sua professora Edneide Marinho Gomes falou das características do cordel e, neste momento, despertou a curiosidade sobre esse tipo de literatura popular, essencialmente nordestina. No final de 1988, aos 15 anos de idade, expôs vários poemas na Escola Teodósio de Oliveira Lêdo, numa exposição pública que encerrou no início de 1989. A exposição contou com 535 visitantes. Seu primeiro soneto foi publicado em 1989, cujo título é “O Último Bovino Submarino”, numa Coletânea de Textos dos alunos CAD, organizada pela professora de Português Eude Miranda Rocha, em Campina Grande-PB.

Roniere Soares tem ao longo do tempo produzido letras para vários hinos e canções. Destaque para o hino dos municípios de Boa Vista e Massaranduba, o hino do centenário do Campinense Clube e também o da Escola Técnica Redentorista.

Na oportunidade, o artista fez o lançamento do seu mais recente trabalho, o cordel intitulado de “Romance da cruz do Gavião: O bandido que virou bendito”, o décimo segundo da sua trajetória como escritor de folhetos de cordel.

A conversa poética também versou sobre outros importantes momentos de sua carreira, como, por exemplo, a produção do documentário “Os trinta poetas” que eterniza a história de poetas populares, que de acordo com Roniere, muitas vezes não recebem o reconhecimento necessário.

Roniere mostrou que através de sua arte é capaz de eternizar momentos e despertar emoções, na maior parte dos casos, escondidas. O multiartista que se enche de orgulho para contar a história e as estórias de Boa Vista, mostrou que também é Gente Nossa!

ost-1024x283

Click no player para ver a transmissão ao vivo do Gente Nossa com Roniere Leite

Comentários